terça-feira, 17 de agosto de 2010

AUSTRÁLIA: Os Verdes são um veneno disfarçado.

Reengenharia das religiões: a ética verde é destinada a substituir a ética judaico-cristã.

Por Juan C. Sanahuja

Austrália: No período pré-eleitoral que vive a Austrália, são de destacar o esclarecimento corajoso do Cardeal George Pell, Arcebispo de Sydney, sobre a ideologia do Partido Verde.

Em 21 de agosto, o país terá eleições antecipadas convocadas pela primeiro-ministro Julia Gillard, após três semanas de assunção no cargo. Os temas dominantes no processo eleitoral são as alterações climáticas, a reforma da saúde e da educação. Os verdes são apresentados ao eleitorado como uma alternativa aos partidos tradicionais.

Olhando para as eleições, o líder dos Verdes, Robert Brown, mentiu sobre a posição do partido, e disse que estava em contato com a Igreja Católica e as convicções Cristãs do cardeal.

Em resposta, o Cardeal Pell, em sua coluna do Sydney Morning Herald em 08 de agosto, salientou a incompatibilidade da fé católica com a ideologia verde e declarou que a ética "verde foi projetado para substituir a ética judaico-cristã. "

Entre outras coisas, o cardeal Pell recordou que, em 1996, Robert Brown foi co-autor, com Peter Singer, um livro que não reconhecem a dignidade humana, e fez a defesa do infanticídio, aborto e eutanásia. Lembre-se que Singer apóia o Projeto Grande Macaco, que tem o intuito de estender os direitos aos humanos aos chimpanzés, gorilas e orangotangos, (vide boletim 781)

Pell disse que alguns membros do Partido Verde são como melancias, “verde por fora e vermelho por dentro”, porque não encontrou refúgio no velho estalinismo, partidário do regime soviético. O cardeal destacou que a pretensão do partido Verde é retirar do debate público os elos que eles consideram os argumentos religiosos, e lembrou que há alguns anos, o mesmo grupo tentou silenciar os ministros das religiões cristãs (católicos, evangélicos, rabinos) a não falar publicamente sobre questões que afetam o direito natural como parte da agenda política.

Os Verdes são hostis à noção de família

O cardeal acrescentou que "os Verdes são naturalmente hostis a noção de família", que consiste de um homem e uma mulher gerando seus filhos, este vêm “apenas como uma alternativa." Os Verdes permitem o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

"Todos reconhecem a necessidade de um ambiente saudável, disse o Cardeal, mas as políticas verdes são impraticáveis e muito caro, o que não ajuda os pobres “.

Pell concluiu que aqueles que valorizam o estilo de vida atual da Australia, “deve considerar o projeto do partido verde como um veneno disfarçado como doces."

Reengenharia das religiões

Robert Brown respondeu ao cardeal Pell, afirmando, que o ensino da Igreja Católica sobre a homossexualidade era "discriminatório e parcial" e que "a maioria dos católicos apóiam o casamento igualitário (o casamento entre pessoas do mesmo sexo) "assim como a maioria dos cristãos, na Austrália."

Katrina Lee, diretora de comunicação da Arquidiocese, fez um comunicado dizendo: "Parece que Brown não só quer salvar o meio ambiente, mas também redefinir as crenças católicas."

Por outro lado, o Partido Verde não respondeu 18 das 24 perguntas, a maioria sobre questões de bioética, o questionário foi enviado pelas entidades cristãs que acompanham a atuação dos partidos políticos e candidatos, para que os eleitores cristãos possam votar com consciência e segundo e segundo os seus princípios. FIN, 1916/08/10

OBS do blog: O partido verde surgiu a partir de 1972, pós conferência mundial sobre o meio ambiente na cidade de de Estocolmo, com agendas e objetivos bem definidos. Será que o Partido Verde no Brasil possui uma agenda diferente do resto da Europa ? Será que uma liderança partidária, por mais bem intencionada que seja, poderá mudar uma agenda mundial contra os valores cristãos ?
Traduzido e adaptado por Zenóbio Fonseca
Fonte:  Noticias Globales - Boletim 1053

9 comentários:

Nélio disse...

Bom dia Dr. Zenóbio.
Gostei do artigo. Como conseguir que a liderança do PV no Brasil responda às perguntas acima, ou se pronuncie sobre o tema?
Forte abraço,
Nélio

Zenobio Fonseca disse...

Olá Pr Nélio,

Inicialmente deve ser verificado o site e programa do partido verde, onde constam as suas bandeiras partidárias. Hoje a justiça eleitoral entende que o mandato é do partido e não mais do candidato eleito, logo ele deve obedecer o programa estabelecido. Existe também as brechas que permitem, em alguns casos, a chamada objeção de consciência.

A candidata do PV tem um site onde possui email direto para sugestões. Seria interessante enviar tais questionamentos, embora a mídia tem divulgado nos debates e entrevista posições pessoais dos candidatos e posições partidárias diferentes do que eles falam. O que fazer? Acreditar no candidato ou no programa já estabelecido pelo partido?

Eis o dilema...

abs

Zenóbio

Edinelson Lopes disse...

Olá Zenóbio

As minhas questões seriam as mesmas do Nélio, seguindo sua resposta tentarei algum contato com o PV aqui de Curitiba (PR)sobre estas questões, mas antes precisaria ter acesso às 24 questões, onde encontrá-las?

Estamos a seguir-te, se puderes, venha nos conhecer, será um prazer tê-lo conosco.

Forte abraço, em Jesus , o Mestre!

Edinelson Lopes
SIGA O MESTRE

Zenobio Fonseca disse...

Olá Edinelson,

vou adicionar e seguir o mestre..

Acho que vc poderá ter acesso as as perguntas enviando um e-mail para o email do noticias globales, mencionando o boletim que foi traduzido o tema : noticiasglobales@noticiasglobales.org
graça e paz
Zenóbio

Wilma Rejane disse...

Oi Zenóbio!

Passei para dar as boas vindas da UBE. Parabéns pelo artigo, rico em informações que eu desconhecia.

Deus o abençoe.

Cida disse...

Que cartilha a candidata do PV seguiria, caso eleita?
Vamos aguardar uma manifestação de alguém do partido.

BLOG RÁDIO disse...

te convido para visitar a minha Web Rádio, que há 3 anos vem tocando 24 hs louvores avivados e mensagens edificantes...
acesse o nosso blog e confira nossa programação:
http://www.radiopentecostal.blogspot.com
Aceito Parceria = Troca de Banner.

Josiel Dias disse...

Olá meus queridos irmãos, Graça e Paz.

Como é maravilhoso encontrarmos textos que nos fortaleça na fé, não é mesmo? Parabéns pelo maravilhoso trabalho, muito edificante.
Vivemos dias de tribulações e esfriamento na fé, e muitas heresias onde muitos estão se alimentando de alimentos não sólidos e contaminados sendo assim adoecem espiritualmente se não tratados morrem na fé. Nestes últimos dias tem Deus levantado, homens e mulheres com compromissos de divulgar a palavra de Deus em tempo ou fora de Tempo “Gloria a Deus” . Trazendo mensagens edificantes aos nossos corações. Como sempre tenho dito: Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Gostaria de aproveitar a oportunidade e compartilhar o nosso “blog”:Gostaríamos muito de contar com sua visita e comentários. Deus te abençoe ricamente.

“Mensagem Edificante para Alma”
http://josiel-dias.blogspot.com/


Josiel Dias
Cons. Missionário
Congregacional
Rio de Janeiro

Alberto M. de Oliveira (Betochurch) disse...

Bom dia Dr. Zenóbio.
Parabéns pelo excelente blog - passei a segui-lo; e pela divulgação de tão interessante e urgente texto (onde podemos observar os bastidores de partidos "tão nobres" em seus discursos espúrios).
Parabéns também por sua participação no debate MTV. Além de conseguir falar o que fora necessário, foi um dos únicos cristãos que em um debate público contemporâneo, não envergonhou o Evangelho, sabendo portar-se com dignidade, estando preparado para o mesmo, e sendo amável e moderado. Realmente foi muito bom. Soli Deo gloria!
Um abraço Dr. Zenóbio. Se tiver um tempinho, eu o convido para uma visita (que muito me honraria) no: http://www.ecclesiareformanda.blogspot.com/
Bem vindo ao UBE também!
Alberto Oliveira