sábado, 6 de setembro de 2008

CÂMARA DOS DEPUTADOS TENTA MOLESTAR CRIANÇAS

A Câmara dos Deputados tem um site. Dentro dele, há uma área destinada a crianças. Espero que vocês sejam pais, mães, irmãos mais velhos e avós responsáveis e mantenham os infantes longe dos molestadores de crianças.

Muito bem. Se você clicar aqui, , terá acesso á homepage do que candidamente eles chamam de "plenarinho" — a falta de imaginação dos adultos faz com que tudo o que diga respeito a crianças esteja sempre no diminutivo. Sigamos. Logo de cara, temos acesso a um link com o sugestivo nome de "Capitalismo, um sistema racional". A imagem sobre a qual há tal inscrição não anima muito: maços de dinheiro. Se você clicar aqui, chegará lá .

E damos de cara, então, com essa pérola, redigida, segundo eles, com informações do Portal Terra e da USP — que USP? De todo modo, combina... Mas vamos lá: "Você já teve aquela figurinha mais difícil de conseguir e trocou por várias? Se já fez isso alguma vez, então você é um capitalista nato! Você foi atrás de um lucro. A essência do Capitalismo é conseguir o máximo com o mínimo, explica o historiador Erivan Raposo".

Erivan Raposo? Quem é esse? Nunca ouvi falar. Depois de uma apanhado monumental de bobagens sobre o capitalismo, lemos então: "O filósofo Karl Marx, o criador do comunismo, foi o mais duro crítico do capitalismo. Ele defendia que toda a produção deveria ser feita por e para todos. Ele não gostava nada da idéia de a classe burguesa, por ser dona das fábricas e equipamentos, ter o direito de explorar os trabalhadores, pagando pouco dinheiro a eles."

Mas ainda é pouco, leitor. Exagerou ontem no Blue Label, no Romanée-Conti, mesmo não sendo um petista? Se o fez, cuidado com o que vem agora. O "Plenarinho" resolveu explicar para as crianças o que é o Comunismo. A imagem acima, da feliz família comunista, está no site. Destaco os trechos mais relevantes, que o site diz terem sido redigidos com informações do comunismo.br,, do UOL e do Terra. Atenção:

- Já pensou em viver num país onde todos tenham tudo de forma igual? Esse é o objetivo do comunismo, um sistema de organização política e econômica que surgiu como oposição ao capitalismo.

- No comunismo, o objetivo não é o lucro, e sim o bem-estar geral. Cada pessoa só vai possuir o necessário para viver bem. E se, por acaso, uma fábrica produzir muito e gerar lucro, o dinheiro deve ser dividido para a população de acordo com a necessidade de cada um.

- O comunismo acredita que nenhum homem deve servir a outro homem. Por isso, eles pregam o fim do estado. A sociedade funcionaria baseada na solidariedade e na igualdade, sem divisão entre ricos ou pobres. As pessoas seriam mais conscientes e não precisariam de alguém para dizer o que fazer.

- De acordo com o cientista político Octaciano Nogueira, da Universidade de Brasília (UnB), atualmente, existem no mundo quatro países comunistas: Coréia do Norte, Vietnã, China e Cuba. Esse último é o único país fora da Ásia que mantém um regime comunista.

Volto
Logo, seguindo a lógica no texto, Coréia do Norte, Vietnã, Cuba e China atingiram o estado nirvânico do bem-estar geral, onde nenhum homem é servil a outro homem (na verdade, no comunismo, o homem não explora o homem: acontece o contrário...). A Coréia comunista já praticou canibalismo por causa da fome. Canibalismo comunitário, é claro.

Não, nem vou aqui comentar o que foi o comunismo real ao longo da história. Ninguém visita essa porcaria, é claro. Imaginem se as crianças vão utilizar este site como fonte de pesquisa. O que me causa uma espécie de ácida melancolia é ver como as esquerdas aparelham tudo: até site infantil da Câmara dos Deputados. Fosse só isso... Já chegou em casa meio de porre, leitor, e, indeciso entre a cama e a humilhação diante do vaso, ficou vendo Telecurso 2º Grau ou Tecendo o Saber, programas financiados por empresas privadas? Sim, os comunas estão sempre presentes, com suas sugestões oblíquas anticapitalistas...

Pra quê? Pra nada! Acontece que a contaminação esquerdopata até dessas áreas que pouca influência têm na formação das pessoas revela, aí, sim, um grave problema: a doutrinação vigente nas escolas, sejam as públicas, sejam as particulares. VEJA já fez reportagem a respeito. Os pais pouco podem fazer porque o "mestre" esquerdofrênico logo diria que está tendo tolhida a sua "liberdade". Ele exige a liberdade de mentir, de distorcer, de molestar intelectualmente as crianças. Alguns pais e professores corajosos resolveram se organizar numa entidade chamada Escola Sem Partido.

Alguns indagarão: "Reinaldo, que importância tem isso?" Em si, bem pouca. Ocorre que, reitero, é só a evidência da doença chegando mesmo aos arrabaldes da informação. O centro, que é a escola, já foi tomado.

Em nome das 70 milhões de pessoas assassinadas por Mao Tse-Tung, das 35 milhões de vítimas de Stálin e dos 3 milhões de massacrados por Pol Pot, entre milhões de outros, a direção da Câmara deveria ter vergonha na cara e tirar essa infâmia do ar. O site não precisa nem mesmo defender a democracia, que é o regime que garante a sua existência. Basta não mentir.

Fonte: http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/2008/09/cmara-dos-deputados-tenta-molestar.html

Um comentário:

valter disse...

Que pedrada...
Mas a minha opinião é que o capitalismo também não é uma condição favorável pra vida do ser humano... eu que sei, pego ônibus, ganho pouco... Tenho esperança de que se acabem um pouco dos políticos e se levantem LÍDERES de verdade, aqueles que têm reais boas idéias e a chave pra fazer acontecer. Nós que suspiramos pela falta de informação confiamos em Deus que irá levantar essa terra.